Nova pesquisa revela interesse dos maiores executivos da moda na Inteligência Artificial

09/08/2023

Análise de transcrições de empresas do setor revela crescimento recorde das menções à Inteligência Artificial, com destaque para IA generativa e suas aplicações inovadoras na moda. 

Foto: Cortesia Farftech
Foto: Cortesia Farftech

Uma análise detalhada de transcrições de mais de 30 empresas do setor de moda, roupas ativas e varejo, conduzida pelo Business of Fashion, revelou um aumento significativo nas menções à Inteligência Artificial (IA), ao aprendizado de máquina e à IA generativa. A maioria dessas empresas está listada nos EUA, incluindo nomes renomados como Adidas, H&M e Kering, e a tendência parece estar ganhando ainda mais força em 2023.

Ao longo dos anos, as menções à IA costumavam focar em tarefas comerciais específicas, como previsão de demanda e otimização de preços. No entanto, agora, os executivos do setor da moda estão explorando formas mais amplas de incorporar a IA em suas estratégias de negócios. A IA generativa, em particular, tem chamado a atenção das empresas de moda. Ferramentas de geração de imagem e modelos de linguagem, como o ChatGPT, estão despertando interesse para aplicações no design, compras online personalizadas e muito mais.

Marcas como Revolve e Farfetch já estão experimentando designs gerados por IA, enquanto a IA também está sendo explorada em áreas como hiperpersonalização de compras e automação de tarefas demoradas, como escrever descrições de produtos. Embora nem todas as empresas estejam igualmente envolvidas na adoção da IA, a tendência geral aponta para uma crescente adoção e promoção da tecnologia como uma vantagem competitiva. 

Campanha Revolve feito por IA - Foto: Revolve // fashionnetwork.com
Campanha Revolve feito por IA - Foto: Revolve // fashionnetwork.com