A moda está aficionada pelo surrealismo como sua nova estratégia de mercado

01/09/2023

A moda abraça a estética surrealista para desafiar as normas e impulsionar a criatividade.

 pop-up Louis Vuitton x Yayoi Kusama no Japão - Foto: Foto: Kaila Imada
pop-up Louis Vuitton x Yayoi Kusama no Japão - Foto: Foto: Kaila Imada

A moda está tornando o mundo da imaginação cada vez mais palpável, incorporando efeitos visuais poéticos em suas criações, em um ressurgimento do movimento cultural que revolucionou a arte com suas imagens oníricas e subversivas, alimentadas pela mente subconsciente. Essa tendência, que está cotada como uma das grandes aspirações para 2024 marca o centenário do lançamento do "Manifesto do Surrealismo" do poeta André Breton e promete transformar vitrines de lojas e páginas de revistas em instalações chamativas e imagens que desafiam a realidade.

Em Paris, o prédio da Louis Vuitton foi palco de uma mega escultura inflável da renomada artista Yayoi Kusama, como parte da colaboração entre as marcas. Kusama "pintou" suas icônicas bolinhas coloridas ao longo de toda a estrutura, criando uma visão surrealista única.

Foto:  Victor LOCHON/Gamma-Rapho via Getty Images
Foto: Victor LOCHON/Gamma-Rapho via Getty Images

Em entrevista ao WWD, Eric Briones, consultor de luxo e autor de "Luxury and Digital: The New Frontiers of Luxury," destaca como o surrealismo pode ajudar as marcas a afirmar sua relevância cultural e deixar uma marca duradoura. Ele enfatiza que, em um momento em que a tendência para o luxo discreto está substituindo logotipos ostentosos, o surrealismo oferece uma maneira de se destacar e fazer uma entrada ousada no mercado de luxo.

Grandes nomes da moda já estão aderindo a essa estética. As vitrines da Prada apresentam manequins envoltos por flores, ecoando sua campanha publicitária de outono estrelada por Benedict Cumberbatch. A campanha de pré-coleção de outono de 2023 da Loewe traz rostos famosos como Murray Bartlett, Aubrey Plaza e o artista sul-coreano Koo Jeong A posando diante de fotografias destacadas de frutas e vegetais.

Foto: Cortesia Prada
Foto: Cortesia Prada

O melhor de tudo é que a criação de imagens surrealistas não requer grandes orçamentos ou viagens de longa distância, tornando-a acessível até mesmo para marcas menores. A inteligência artificial também está desempenhando um papel nesse cenário, permitindo que a moda explore novos horizontes na expressão visual.

Um exemplo notável é a marca francesa Jacquemus, que conquistou a imaginação do público com vídeos virais apresentando animações de realidade aumentada, como limões gigantes e um carro em forma de bolsa Bambino circulando pelas ruas de Paris. 

Com a tecnologia avançando a uma velocidade impressionante, os clientes buscam constantemente novidades para atrair sua atenção, tornando o surrealismo uma escolha inovadora para a indústria da moda.