Shein aposta na produção nacional e lucra mais que lojas Marisa no Brasil

04/08/2023

Com investimentos milionários e foco em produção local, a Shein conquista espaço no mercado brasileiro, lançando coleções de moda com qualidade superior e envio rápido. 

Créditos: neofeed.com
Créditos: neofeed.com

A gigante do e-commerce Shein, conhecida por suas roupas acessíveis e tendências globais, está investindo no Brasil com uma estratégia inovadora. Composta por cerca de 800 peças de 110 confecções brasileiras, a coleção "She(In) Brasil; Envio Nacional" conquistou o mercado, oferecendo itens com faixa de preço entre R$ 20 e R$ 190. A empresa está empenhada em reduzir o tempo de envio, que atualmente é de duas semanas, e comprometeu-se a lançar 2.000 peças por mês no país.

Em entrevista à Folha de São Paulo, Fabiana Magalhães, diretora de produto e produção local da Shein, enfatizou a qualidade superior das peças nacionais, que superam a média dos produtos importados. A empresa pretende valorizar todos os segmentos de moda ao mesmo tempo, com uma tabela de medidas Shein Brasil, que combina medidas chinesas com brasileiras.

A Shein já ultrapassou a tradicional varejista Marisa no mercado brasileiro, com um faturamento estimado de R$ 7 bilhões no ano passado. A empresa está comprometida em investir R$ 750 milhões nos próximos três anos para a contratação de 2.000 fábricas no país, buscando nacionalizar a produção. A competição no mercado de vendas on-line de roupas é intensa, e a Shein está entre os sites estrangeiros mais procurados pelos consumidores brasileiros. A categoria moda e acessórios é a mais buscada pelos compradores nestes sites.

A Shein também demonstra satisfação com o programa Remessa Conforme da Receita Federal, que cobra antecipadamente os tributos no momento da compra. A empresa acelerou seus planos de nacionalização da produção após a implementação do programa. O gerente geral da Shein no Brasil, Felipe Feistler, destaca que até o final de 2026, 85% das vendas serão de produtos feitos no Brasil ou comercializados por lojistas digitais nacionais.