Walmart e Rubi Laboratories desenvolvem roupas a partir da conversão de carbono

03/08/2023

Parceria visa interromper as tradicionais cadeias de suprimentos e promover roupas acessíveis e neutras em carbono. 

Leila e Neeka Mashouf co-fundadoras dos Laboratórios Rubi - Foto: Laboratórios Rubi
Leila e Neeka Mashouf co-fundadoras dos Laboratórios Rubi - Foto: Laboratórios Rubi

O gigante varejista omnichannel, Walmart, está avançando em sua jornada sustentável ao assinar acordos piloto com a Rubi Laboratories, uma startup da Califórnia, para explorar a tecnologia de captura e conversão de carbono da empresa. O objetivo é criar roupas acessíveis a partir das emissões de carbono, interrompendo as tradicionais cadeias de suprimentos.

A Rubi Laboratories utilizará seus sistemas de reatores modulares para capturar e converter CO2 em tecidos de celulose. Inspirada no processo de crescimento das árvores, a Rubi utiliza enzimas em escala industrial para "comer" as emissões de carbono, produzindo têxteis neutros em carbono e recursos. Os protótipos de coleções de roupas produzidos serão focados na acessibilidade às massas.

Andrea Albright, vice-presidente executiva de Sourcing do Walmart, destaca a importância da colaboração para reimaginar a cadeia de suprimentos de vestuário e avançar em direção a metas de desperdício zero e emissões zero. O Walmart vê essa parceria como uma oportunidade de impactar positivamente o mundo por meio de seus produtos e práticas de negócios, reforçando seu compromisso com a sustentabilidade.

A iniciativa conjunta entre o Walmart e a Rubi Laboratories promete impulsionar a inovação no setor da moda, mostrando que é possível criar peças acessíveis e sustentáveis, reduzindo o impacto ambiental da indústria de vestuário.