YSL Beauty expande iniciativa "Abuse Is Not Love" para combater violência em relacionamentos LGBTQIAP+

26/07/2023

Novo estudo destaca desafios enfrentados por indivíduos LGBTQIAP+ em relacionamentos íntimos e influencia recursos educacionais para combater o abuso. 

A YSL Beauty está intensificando sua iniciativa "Abuse Is Not Love" com base em um estudo recente que revela os desafios enfrentados por pessoas LGBTQIAP+ em relação à violência entre parceiros íntimos.

Desenvolvido pela Dra. Beth Livingston, pesquisadora de gênero e relacionamentos, o estudo ouviu 6000 entrevistados LGBTQIAP+ em cinco mercados: Reino Unido, EUA, França, Espanha e Alemanha. Os resultados destacam tendências preocupantes e obstáculos específicos enfrentados por essa comunidade em seus relacionamentos, incluindo a presença de comportamentos abusivos e dificuldades para obter apoio devido ao medo de isolamento e estigmatização.

Com base nas descobertas, a YSL Beauty se compromete a continuar fornecendo recursos educacionais e parcerias com organizações sem fins lucrativos para criar programas que levem em conta as experiências específicas de indivíduos LGBTQIAP+. A iniciativa "Abuse Is Not Love" já educou 493.000 pessoas sobre os sinais de alerta de abuso e tem como meta educar dois milhões até 2030.

Stephan Bezy, Gerente Geral Internacional da YSL Beauty, enfatiza a importância de combater o abuso em todas as suas formas e de oferecer suporte a comunidades muitas vezes negligenciadas. Ele reforça o lema da campanha: "Abuso não é amor, é simples assim."